Table of Contents Table of Contents
Previous Page  36 / 86 Next Page
Basic version Information
Show Menu
Previous Page 36 / 86 Next Page
Page Background

TURISMO EM NÚMEROS |

PÁG.

36

| EDIÇÃO 96

ARTIGO

A popularização dos cartões de crédito e débito gerou benefícios para

a sociedade, empresas e consumidores. Transações feitas dessa forma são

rastreáveis e representam incentivo à emissão de Nota Fiscais. Otimizam o

fluxo de caixa do estabelecimento comercial e eliminam o risco de inadim-

plência, pois são vendas garantidas, isentas, inclusive, do perigo de se re-

ceber dinheiro falsificado ou cheque sem fundos.

O cartão favorece o planejamento financeiro da empresa varejista pela

regularidade dos depósitos e pode funcionar como atrativo para atrair

mais clientes. Estes, por sua vez, ganham em segurança e podem aprovei-

tar oportunidades mesmo quando desprevenidos de numerário.

Tudo isto posto é preciso lembrar, também, que se o dinheiro de plás-

tico veio para ficar, ele não substitui outras formas de pagamento. Para

pessoas menos favorecidas ou ainda não acostumadas com avanços tec-

nológicos, notas e moedas são, muitas vezes, o único meio disponível.

COMÉRCIO E LIBERDADE

SÃO INSEPARÁVEIS

Por Abram Szajman(*)