Table of Contents Table of Contents
Previous Page  3 / 86 Next Page
Basic version Information
Show Menu
Previous Page 3 / 86 Next Page
Page Background

Mara Gabrilli, que fala sobre os muitos

obstáculos – como falta de acessibi-

lidade nas empresas e preconceito -

apesar de legislação específica para o

tema. Veja em

Gestão

se sua empresa

se enquadra na Lei de Cotas.

O empresário Goiaci Alves Guima-

rães explica que o papel das empresas

consolidadoras de passagens aéreas é

conceder crédito e fazer a intermedia-

ção das pequenas agências de viagens

com as empresas aéreas. Sobre a impor-

tância de ser IATA, ele é bem objetivo: a

maioria não precisa dela para absoluta-

mente nada. Leia sua

Entrevista.

O ator e roteirista Fábio Porchat ten-

tou cancelar, dez dias antes da viagem,

uma passagem que comprara para sua

mãe. Resultado: foi informado que isso

tem multa e que só poderá usar o valor

da passagem em futura compra. Virou

vítima de todos esses absurdos que as

companhias aéreas cometem contra

seus consumidores, que ficam sem de-

fesa diante da total omissão da Anac.

Leia em

Artigo

Gol

.

Fábio Porchat ago-

ra também quer criar suas próprias re-

gras, assim como a Gol cria as dela. O

humorista ficou furioso.

Abram Szajman, presidente da Fe-

comercio-SP, elogia em seu

Artigo

um

projeto de lei tramitando no Senado

que, se aprovado, vai acabar com a

obrigatoriedade de se cobrar o mes-

mo valor na venda por cartão de cré-

dito ou dinheiro vivo. O principal be-

neficiado será o consumidor, caso a

cobrança volte a ser diferenciada, per-

mitindo o desconto para pagamen-

to em dinheiro vivo, que não implica

custos como no cartão. O Sindetur-SP

também apoia a iniciativa.

O consultor jurídico do Sindetur-SP

Joandre Ferraz, em

Direito do Turis-

mo

, faz importante esclarecimento so-

bre a dificuldade que várias agências

de viagens enfrentam com a cobrança

indevida de passagens emitidas frau-

dulentamente por terceiros nos inse-

guros sistemas de reservas das com-

panhias aéreas. Pois saiba que uma

sentença reconheceu a vulnerabilida-

de desse tipo de operação.

No sempre imperdível

Caderno

de Estatísticas

o professor doutor

Wilson Rabahy, pesquisador da Fipe-

USP, apresenta nesta edição a segunda

parte do artigo sobre a Caracterização

e Dimensionamento do Turismo

Receptivo Internacional no Brasil. O

estudo inédito ratifica a Argentina e

EUA como os maiores emissores para o

País, nos últimos anos.

Boa leitura

MARCIANO GIANERINI FREIRE

Editor

TURISMO EM NÚMEROS |

PÁG.

3

| EDIÇÃO 96